Sunday, December 3, 2006

Não éramos todos mais felizes se vendesse eu partes do meu corpo dentro do livro? Em vezes do livro que tem por baixo o meu corpo? Ou melhor: se eu vendesse o meu corpo para ser comprado, metido na prateleira, e fazendo como os outros livros fizesse, para o fim da história, alguma coisa de verdadeiramente legível.


Pedro Sena-Lino


Photobucket - Video and Image Hosting

1 comment:

nuno said...

um livro assim seria perfeitamente inútil. Pedro Sena-Lino, pfff... agora se fosse uma gaja...