Monday, May 14, 2007

tenho-te na pele como voz
que ainda não tive tempo de despir

faço uma pausa, escolho um vestido novo
mas mesmo assim fico um adereço imperfeito
no teu esquecimento


Maria Sousa


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

5 comments:

RAA said...

Esplêndido.

Anonymous said...

tao real, tao bonito.

ana said...

gostei e roubei. bjs

menina limão said...

com aquela confusão minha e falta de tempo, esqueci-me de dizer que adorei este poema.

lebredoarrozal said...

obrigada:)