Wednesday, December 26, 2007

Que aconteceu, voltas a perguntar-me. Nada, volto a responder-te.
A resposta que tenho já te havia dado. O resto, que me perdi das palavras nestes últimos dias, que me perdi de mim e não sei por que passos poderei regressar, como explicar-te?


Jorge Roque


Photobucket

1 comment:

Luis said...

as dores mais fortes são as que não se conseguem explicar

quem dera que fosse tudo tão fácil como dizer: doi-me o tornozelo