Thursday, December 18, 2008

Eu quero uma licença de dormir,
perdão para descansar horas a fio,
sem ao menos sonhar
a leve palha de um pequeno sonho.
Quero o que antes da vida
foi o profundo sono das espécies,
a graça de um estado.
Semente.
Muito mais que raízes.





Adélia Prado




Photobucket

2 comments:

acoldzero said...

incrivel como é que ninguem comenta um mimo destes... *

menina limão said...

linda, esta foto, pá.