Sunday, October 5, 2008

tradução caseira da lebre


Isto foi um erro,
estes braços e pernas
que já não funcionam

agora está partido
sem espaço para desculpas.

A terra não conforta,
Apenas cobre
Se tiveres a decência de ficar quieto

O sol não perdoa,
Olha e continua a andar.

A noite infiltra-se em nós
através dos acidentes que
provocámos um ao outro

da próxima vez que cometermos
amor, devemos
escolher primeiro o que matar.



Margaret Atwood



Photobucket

4 comments:

menina tóxica said...

lá venho eu fazer uso do único adjectivo que a minha mãe me deve ter ensinado quando eu era pequenita:
isto está memso lindo :)*

menina limão said...

ouch.


(esse remate...vai ficar a ressoar)

Engonha McQueen said...

Arrepiou e consternou...
A ordem não importa... Porque não há jeito para abdicar. Sobra apenas a candura das mãos pasmadas na espera de nos vermos sarar...

Vanessa said...

confesso que costumo vir cá todos os dias e nem abro a boca, mas este pedacinho de palavras apetece mesmo roubar!!

:))

adoro este blog.