Thursday, July 13, 2006

As cordas esticadas dos peixes que violinam a água.



Penso: o mundo é húmido. Não sei
o que quer dizer.





é qualquer coisa
como não saber nada.


É ser puro, existir ao cimo.
Atravessar tudo na noite despenhada

Na despenhada palavra atravessar a estrutura da água


Penso que é o ar, as vozes quase inexistentes no ar,
o que acompanha o amor.
Acompanha o amor algum peixe subtil.



Herberto Helder


Image Hosted by ImageShack.us

5 comments:

ana salomé said...

tudo belo...

Anonymous said...

este herberto, ...este herberto descompensa-me!

margo

lebredoarrozal said...

a quem o dizes, qqr dia ainda meto o blog em modo herberto total:)

Anonymous said...

que lindos as fotos!!!!

Anonymous said...

Looking for information and found it at this great site...
» »