Monday, April 28, 2008

À entrada da (…) alma um letreiro exausto batia: vende-se, aluga-se, oferece-se.




João Luís Barreto Guimarães




Photobucket