Monday, April 21, 2008

tradução caseira da lebre


eu uno-me ao silêncio
eu uni-me ao silêncio
e eu deixo-me fazer
deixo-me beber
deixo-me dizer




Alejandra Pizarnik




Photobucket
obrigada martinha

2 comments:

0posmoderno said...

adorei
mto
bom
lgw teu blog
mas ele eh mto grande

menina limão said...

Grande post. Adorei esse poema.