Monday, May 26, 2008

sei que falar de ausência é chamar-te para o poema

para que sejas apenas uma silhueta recortada ao acaso na parede
prefiro uma descrição onde tudo é paisagem

e incluo árvores para assim te transformar
numa mancha que as folhas escondem
como um vazio preenchido pela sombra


maria sousa



Photobucket

6 comments:

bruno said...

esta maria tem uns textos muito bons, lebre. (posta mais dela)

angela said...

uma silhueta vazia
no meio das árvores

gostei tanto***

luís nunes nunes said...

Gosto de te ler, revirei a tua casa ;) e gosto da tua selecção de poemas, aqui respiramos poesia .

lebredoarrozal said...

bruno, a maria é muito lenta a escrever, mas mal ela escrever mais, eu prometo que os posto.

angela,****

obrigada luís:)

menina tóxica said...

pois é, a maria tem umas coisas lindas lindas, como esta :)

Maria Costa said...

Lindo!