Sunday, November 16, 2008

Uma janela ser-me-á suficiente
uma janela para o momento da consciência
da observância
e do silêncio.




Forugh Farrokhzad



Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

1 comment:

hfm said...

Nem sempre a poesia me espanta, nem sempre a poesia me emudece, raramente em tão pouco se diz tudo.

Obrigada por me dares a descobrir.