Wednesday, March 19, 2008

There's only Alice




o que me comove, passado tanto
tempo, é perceber que fiz a esse disco
o mesmo que faço e volto a fazer
aos corpos que julgo amar:

parti-los muito devagar, para
que doam sempre um pouco mais.



Manuel de Freitas

4 comments:

ana c. said...

este poema do manuel de freitas partiu-se-me devagar...

Zadelia said...

Bo día. O teu blog e moito bonito, tanto na forma como no contido. O meu portugués é moi pobre pero estou a procurar leelo anaco a anaco... e o meu inglés tampouco é para brincar! Pero ben, espero que comprendas iste post. Bicos. Zadelia.

indigo des urtigues said...

devagar também me parto...

menina limão said...

ouch.