Monday, July 7, 2008

tradução caseira da lebre

Mais nenhuma foto

Mais nenhuma foto, de certeza que há suficientes. Mais nenhuma sombra de mim atirada pela luz para pedaços de papel, para quadrados de plástico. Mais nenhuns dos meus olhos, bocas, narizes, humores, maus ângulos. Mais nenhuns bocejos, dentes, rugas. Eu sofro da minha própria multiplicidade. Duas ou três imagens teriam sido suficientes ou quatro ou cinco. Isso teria permitido uma ideia firme. Isto é ela. Assim, sou aguada, enrugo, de momento em momento dissolvo-me nos meus outros eus. Vira a página: tu, a olhar, estás novamente confuso. Conheces-me bem demais para me conhecer. Ou, não bem demais: a mais.



Margaret Atwood



Photobucket

4 comments:

ana c. said...

tudo o que disser poderás ser a mais...

Anonymous said...

Surpreende-me que um blogue que trata de autores não credite as fotos. As fotos tem um autor acredito e este não é mencionado.
Um leitor.

lebredoarrozal said...

é mencionado nas propriedades da imagem.
se lá for, tem a informação que quer.

menina limão said...

http://lonelyhunters.blogspot.com/2008/01/this-could-be-about-blogs-but-it-is.html

:)