Monday, November 27, 2006

há no teu perfil a cor das árvores
muito depois do silêncio espero
a criança que sabe o nome dos tons das folhas

por vezes invento esperas onde
sou a rapariga que desfaz o verde
em memórias

as palavras abrem-se à inocência
mas o tempo envelhece-as


Maria Sousa



Image Hosted by ImageShack.us

2 comments:

[m.m. botelho] said...

Embora seja absolutamente (des)necessário dizê-lo, permita-me: este texto está muito bem escrito/pensado/sentido.

lebredoarrozal said...

obrigada:)