Tuesday, December 11, 2007

organizei tudo o que queria guardar do corpo
foi difícil habituar-me a cada dia
tantas vezes sobrevivi com passos inseguros
metade de mim ainda vacilava

quando descalça acrescentava vento aos esboços
que desenhei em vão

do outro lado da rua havia espaço
e eu ia soletrando portas


Maria Sousa



Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

6 comments:

menina limão said...

'e eu ia soletrando portas'

apaixonei-me por essa foto.

angela said...

maria que me enterneces
muito*

Cometa 2000 said...

belíssimo poema.

as portas são um símbolo muito forte.

gostei muito.

menina tóxica said...

mesmo bonito bonito e bonito.
:))*

ana salomé said...

*

menina alice said...

"e eu ia soletrando portas"

Eu sei que é repetido, mas é impossível não ficar com esta frase para nós.